terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Governo Serra e o descaso da educação em Guarulhos

>



Mais de 80 professores protestaram nesta segunda (2), pela manhã, em frente à Apeoesp Guarulhos (Sindicado dos Professores) contra a prova aplicada pelo Governo – que avalia os conhecimentos dos docentes – e as atribuições de aulas (definição da quantidade de aulas e das escolas que irão lecionar). De acordo com a diretoria do sindicato, o governo instituiu a prova apenas para profissionais contratados – os concursados realizaram a atribuição de aulas na segunda (2) – a partir desse ano e, durante a aplicação da mesma, várias irregularidades foram constatadas.
>

PROTESTO Em frente à sede da Apeoesp, no Centro, cerca de 80 professores fizeram uma manifestação na manhã de segunda-feira (2)


>

"Não interessa o tempo de trabalho que você tem, a prova exclui os que não conseguirem nota para a classificação", diz Ézio Expedito, da Apeoesp. Segundo ele, a prova foi aplicada por professores (deveria ter sido por fiscais contratados), o conteúdo não foi o divulgado anteriormente e existe a possibilidade do material ter sido violado.
A assessoria de imprensa da Secretaria do Estado da Educação, garantiu que a prova teve como base a proposta curricular do Estado, implantada em 2008.
Disse que não teve conhecimento de possibilidade de violação, que tudo ocorreu normalmente. Durante o protesto os professores reivindicaram também o atraso na publicação no site (http://www.educacao.sp.gov.br/) dos classificados na prova. "Era para ter saído no sábado e só saiu hoje, parcial", disse Ozani Martiniano, conselheira da Apeoesp. "A atribuição acontece dia 5 (quinta-feira). Se a nota não for encontrada, o professor não poderá participar da atribuição, será excluído", diz Expedito.
Segundo a assessoria, não foi agendada uma data para a publicação da classificação no site, apenas que seria publicada antes do dia 5 de fevereiro. As notas de todos os professores que realizaram a prova já estão publicadas (desde a última sexta-feira), no site da secretaria. Mais informações: 0800-7700012.

>

Fonte: Diário de Guarulhos

>

Opinião PIG 2010: "Enquanto o governo SERRA continuar desrespeitando os profissionais da educação, não teremos a tal mudança nos indices da educação, que por sinal são péssimos aqui no Estado de São Paulo. Os protestos dos professores quase sempre são desqualificados pelos burocratas do governo alegando que são protestos da CUT, ou do PT. Acorda gente o professor não aguenta mais levar a culpa pela má qualidade de ensino do Tucanato."

3 comentários:

  1. PRISCILLA DE OLIVEIRA WINKALER12 de fevereiro de 2009 20:45

    A SITUAÇÃO AQUI NAO E O ATO DA PROVA SER VALIDA OU NAO O FATO AQUI É AS NOTAS RUINS DOS PROFESSORES QUE ESTÃO EM SALA DE AULA.... É UMA VERGHONHA AFINAL O CARA TA NA SALA DE AULA A PROVA FOI TOTALMENTE VISANDO O CONTEÚDO ESPECIFICO E APLICADO EM SALA DE AULA.... NAO ME VENHAM DIZER QUE O CONTEÚDO ERA INJUSTO.... INJUSTO E FAZER A MAIORIA DOS PROFESSORES ESTUDAREM E SE PREPARAREM PARA PROVA E NO FIM ACABAR EM PIZZA.... SOU FORMADA A 9 ANOS. LECIONEI POR 4 ANOS DEPOIS CAI FORA.... MUDEI DE AREA E FIZ A PROVA E TIREI 70% DE ACERTO EM CIÊNCIAS E BIOLOGIA AGORA ISSO NAO QUER DIZER NADA.... ISSO SIM É DESRESPEITO PARA COM QUEM FEZ A PROVA COM CONCIENCIA.... E CONHECIMENTO.... ESPERO QUE DE ALGUMA FORMA A SECRETARIA CRIE CORAGEM E DERRUBE ESSA CAMBADA DE PROFESSORES DESPREPARADOS QUE ESTAO AI PEGANDO AULA DESDE DO DIA 10. FEV. É UMA VERGONHA.....

    ResponderExcluir
  2. eu acho isso tudo uma droga!!!!!!!!! rsrsrsrsrssrsrsrssrsrsrsrsrsrs.....................

    ResponderExcluir
  3. eu acho isso tudo uma droga!!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrs..............

    ResponderExcluir